sábado, 22 de março de 2008



Quando arqueólogos descobriram palavras e desenhos inscritos em cavernas, rochas e monumentos antigos, usaram a palavra graffiti para designar os rabiscos que provavam a existência de muitas civilizações primitivas e a sobrevivência de linguagens e cultos.



Atualmente, o grafite é encarado como forma de expressão que visa a comunicação rápida, autêntica, irreverente e até mesmo violenta do inconsciente coletivo. O grafite tem a intenção de registrar uma visão do mundo, de ser testemunha e memória, de ser...

2 comentários:

Solange Cavalcanti disse...

Muito bonito seu trabalho, Caal. Parabéns! Ele precisa ser divulgado. Seu blog também é bonito. Parabéns!

Paloma Pajarito disse...

Eu via essa pelas paredes e queria saber de quem era. Acho massa. :)